A BUSCA PELA BELEZA

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Oi Pessoal

Estou de volta depois das merecidas férias, com muitas metas traçadas para o ano de 2015! Huhuu..

Mas sobre as metas e sonhos para este ano, conto pra vocês em vídeo.

No  momento quero compartilhar algo que tenho observado nas pessoas em geral e que tem me chamando a atenção: “A Busca Pela Beleza”

Não é de hoje que tal preocupação com o belo é fonte de preocupação entre nós, principalmente entre os brasileiros que já nos tempos do Brasil Colônia, tentava incorporar hábitos europeus ou procurava por aqui mesmo, meios de enaltecer a beleza e esconder as imperfeições. Naquela época, depilavam as sobrancelhas, pintavam os olhos e lábios, passavam pó claro e coravam as bochechas.

Mas, a busca pela beleza existe muito antes disso, historiadores e grandes pensadores revelam que essa preocupação acompanha a humanidade desde as primeiras civilizações.

Povos antigos já tinham seus rituais de beleza muito bem definidos. Os egípcios eram especialistas em cosmética, cuidavam muito do corpo e pintavam o rosto, principalmente a realeza (lembra da Cleópatra).

É provável que o primeiro salão de beleza tenha surgido na Grécia Antiga. Faz um tempão não é mesmo?! Hehe..

Foi na Idade Média que os cristãos condenaram por muito tempo o uso de cosméticos e qualquer produto relacionado à beleza, pois consideravam pecado tal procedimento que poderia mudar o que Deus fez.

Já na era Renascentista, ressurge a valorização da beleza, dos adornos e de tudo que poderia deixar a pessoa mais bonita. Assim, ressaltar o belo passa a ser algo que revelaria Deus na pessoa.

No século XVIII, a beleza significava uma expressão da sensibilidade e gentileza.

Atualmente, pesquisadores revelam que a beleza expressa a individualidade de cada um.

Expliquei tudo isso para que as minhas leitoras possam entender que a busca por cuidados com a aparência e bem estar faz parte da nossa cultura. Mas devemos observar que a motivação e alguns conceitos mudam conforme o momento vivido.

Constantemente somos bombardeados com novidades milagrosas que transformarão você em pop star.

Quero dizer que não há milagres e nem pop star perfeita. Não se deixe levar por falsas promessas amiga.

Para ficar mais bonita, primeiro precisa se aceitar como você é. Não se pode fazer ninguém crescer mais alguns centímetros sem que isso cause algum dano, nem ter o cabelo da Gisele Bundchen ou a boca da Angelina Jolie.

Mas você pode sim, melhorar o que já tem de bom e aceitar que ser belo começa dentro de nós. Ter essa confiança fará toda a diferença diante do espelho e de outras pessoas também.

É preciso entender que não se consegue nada do dia para noite, assim, se quiser melhorar a pele precisa ir a um dermatologista, quem quer emagrecer precisa mudar seus hábitos gastronômicos.

Enfim, nada é fácil, é preciso dedicação e disciplina para alcançar os objetivos desejados.

Por isso, caso você esteja querendo melhorar sua auto-estima e quer mudar seu visual, saiba que o caminho pode ser penoso e árduo, mas a recompensa vale a pena.

Lembre-se que não existe um padrão de beleza perfeito, o que existe são conceitos pré-determindos pela sociedade.

Na verdade, a beleza está nos olhos de quem a vê. Então seja a primeira a ver a beleza em você mesma ok?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *