Acessório de valor: Bolsa

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Foi a partir dos anos 90 que as bolsas foram consideradas acessório de moda, ganhando nome de celebridades e sendo cobiçadas como artigo de luxo, algo que até então era exclusivo apenas para poucos.

Tendem a diminuir conforme o passar das horas do dia e também conforme o grau de formalidade de um compromisso. Assim, por exemplo, para a noite temos as carteiras (ou clutches) e bolsas de mão. Durante o dia fica liberado as maiores como a tiracolo, mochilas ou até sacolas.

Quando digo que o look está na bolsa, isso é muito verdade, afinal ela é um dos elementos indispensáveis para qualquer mulher de estilo.

Também não devemos nos esquecer que pode facilitar a vida de uma mulher compromissada. Nela, guardamos o celular, a carteira com os vaaaaariooosss cartões e documentos, guardamos ainda uma necessaire com maquiagem , um remédio e por aí vai…

Ela pode ser grande (como a bolsa balde) ou pequena (como a clutche), vai depender muito da ocasião. Por isso, é importante escolher com sabedoria.

Uma mulher de estilo não procura por uma bolsa da moda, ela procura sua bolsa-ícone, ou seja, aquela bolsa que vai causar independentemente do que vai  vestir.

Para as mais novas  – menos de 30 – pode combinar a bolsa com os sapatos já para as mais velhas, tal atitude pode deixá-la ainda mais velha.

Há 5 modelos de bolsas essenciais:

1- A bolsa grande:

Essa pode ser sua amiga de todos os dias, sua salvadora para ir da escola ao trabalho e cabe praticamente o mundo nela, inclusive uma carteira, caso resolva sair à noite direto do trabalho. Haha..

2- A carteira:

Particularmente é uma das minhas preferidas por ser charmosa, elegante e discreta – na maioria das vezes –  é um acessório importante para sair à noite.

As com bordados, pedrarias e tecido nobre confere um ar fashion ao look.

3- A clássica:

Geralmente é rígida, de cor neutra (preto, bege ou marrom) e atemporal. Caso queira uma só para toda vida essa é a bolsa para você.

4- Estilo carteiro:

Essa bolsa pode salvar sua vida em uma viagem ou em um dia corrido de trabalho. É o tipo de bolsa que é para sempre, além disso te faz escapar da síndrome das it-bags.

5-  Bolsa baú:

Consagrada pela marca Louis Vuitton e por Audrey Hepburn, tornou-se um clássico nas passarelas até hoje. Pessoalmente eu amooo, pois cabe tudo nela e ainda fica elegante.

É um tipo de bolsa para o dia-a-dia e não pode faltar no seu closet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *