A Importância do Equilibrio na Alimentação Alcalina

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Para que o corpo funcione bem e saudável, todas as reações bioquímicas que ocorrem para lhe fornecer energia, digerir os alimentos e regular o humor – dentre outras coisas – necessitam serem administradas de forma gerencial.

Mas o que é pH?

PH é o potencial Hidrogeniônico ou uma escala logarítmica que mede o potencial de acidez, neutralidade ou alcalinidade de uma determinada solução, no caso estamos falando do corpo humano ou corrente sanguínea mais propriamente.

Os valores do pH são medidos de 0 a 14:

  • os de 0 a 6.9 são ácidos;
  • os de 7.1 a 14 são alcalinos;
  • e 7 é considerado um valor neutro.

Eu mesma costumava classificar os alimentos ácidos pelo sabor, assim como a maioria de nós acredito. Rsrs..

Contudo, estudando um mais pouco sobre o assunto descobri que não é bem dessa forma que devemos considerar. Muitos alimentos tem sabor neutro, como o iogurte, por exemplo, e ao serem digeridos tornam-se ácidos no sistema digestório, enquanto que o limão, por outro lado, tornam-se alcalinos. Acreditam?

Acontece que quando nos alimentamos, digerimos várias enzimas secretadas na boca, no estômago e, no intestino delgado. A forma digerida dos alimentos é chamada de resíduo, ou seja, totalmente liquida e pronta para ser absorvida pelo fluxo sanguíneo e transportada até as células do corpo.

Portanto, ao ser atacado por alimentos altamente ácidos, o corpo precisa utilizar recursos próprios para neutralizar e recalibrar o pH sanguíneo dentro de limites estreitos, isso pode resultar na retirada de tecido ósseo ou exigir um esforço maior dos rins e até do fígado.

Assim, precisamos conhecer bem o nosso corpo e saber equilibrar os alimentos que ingerimos. Os especialistas recomendam que 70% dos alimentos sejam alcalinos e 30% formadores de ácidos, mas não 100% de alcalinos.

Não estamos falando aqui simplesmente de calorias ingeridas ou gastas amores, mas de densidade nutritiva do alimento e sua biodisponibilidade na digestão. Densidade nutritiva é a grande quantidade de nutrientes específicos e combinados fornecidos por um alimento.

Assim, podemos entender que alimentos como o abacate são considerados altamente calóricos, no entanto, são ricos em fonte de proteínas, ácidos graxos e  antioxidantes, isso faz dessa fruta um super alimento certo? Isso mesmo! O que  aspecto alcalino a torna especialmente importante para a nossa saúde.

Enfim, o truque é equilibrar alimentos que fazem bem ao seu corpo de forma a deixá-lo mais alcalino possível.

Vamos prestar mais atenção a esse dieta alcalina e a tudo que traz equilíbrio ao prato ok?

Fica a dica!

dieta alcalina  – dieta – alimentação saudavel – saude e bem estar – vida saudavel – fitness- dieta – 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *