Meu precioso celular

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

O celular hoje em dia tornou-se imprescindível na vida da maioria de nós – inclusive na minha .. Hehe.. – nele armazenamos agenda, datas importantes, pessoas que amamos momentos inesquecíveis e outros segredinhos preciosos.

Nem posso imaginar como vivíamos antes desse precioso bem tecnológico. Temos que admitir que ele mudou nossa vida para melhor e pior também.

O celular pode dizer onde estão nossos filhos e maridos, ver as fotos de um amigo que viajou à Paris, dizer como está o tempo em qualquer lugar do mundo ou até mesmo lembrar da consulta marcada. Em contrapartida nos tirou a privacidade já que estamos acessíveis a todos em todo o tempo. Além disso, cada vez mais vejo pessoas que se relacionam melhor com o celular – por mensagem – do que com pessoas ao vivo e a cores.

Observo pais se livrando do filho pentelhinho dando-lhe o celular para jogarem os inumeráveis joguinhos como se fosse uma chupeta ou mamadeira (tipo um cala bico). Isso me dá um pouco de medo e faz pensar em como será o futuro da família que se distância a cada dia mais.

Por isso, precisamos tomar alguns cuidados para que esse instrumento que foi criado para facilitar, não venha causar danos irreparáveis em nossa vida.

Uma regra básica é tomar cuidado para não fazer e nem atender ligações em horas impróprias como a hora do almoço ou depois das 21:00 horas, algo que está implícito na cartilha da educação. Isso vale também para as mensagens em geral.

Uma grande dificuldade é não nos permitir curtir o momento e aproveitar para ler um livro ou ficar com a família sem dar aquela olhadinha básica para ver o que está rolando nas redes sociais ou no Zap Zap – e seus váaaaaaarios grupos.

Temo pelo futuro que nos aguarda se não houver mudanças no comportamento e na consciência das pessoas. O imediatismo  que nos cerca a todo momento prejudica na apreciação de momentos incríveis que poderíamos passar ao lado daqueles que amamos. É preciso saber aproveitar cada momento precioso da vida.

É preciso aprender a relaxar e deixar para ver o que está rolando no mundo mais tarde.

Meu conselho é, na verdade é mais um pedido para deixarmos a vida acontecer no seu ritmo certo, sem pressa e sem estresse. O celular tem a capacidade tanto de aproximar aqueles que estão distantes de nós quanto de afastar aqueles que mais amamos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *